Notícias

Abimci completa 47 anos

Notícias

18/07/2019

Abimci completa 47 anos
Entre as ações planejadas para 2019 estão o lançamento da nova versão do Estudo Setorial e agendas de representação institucional e política

A Associação da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci) completa, no dia 18 de julho, 47 anos de sua fundação. Nessas quase cinco décadas de atuação, a entidade consolidou sua credibilidade e tornou-se referência para o mercado em informações técnicas – com a coordenação de programas de qualidade dos produtos de madeira e desenvolvimento de normas da ABNT – e comerciais – a partir da compilação de dados estatísticos e posicionamentos institucionais.
A partir desse papel representativo e de defesa de interesses, a entidade desenvolve uma série de ações. Para o segundo semestre de 2019, por exemplo, estão programados uma agenda intensa de representação institucional e política, o lançamento do novo Estudo Setorial, que trará dados atualizados do setor industrial madeireiro e as principais demandas defendidas pela associação para os próximos anos, além das atividades dos comitês, missões comerciais e a participação em eventos nacionais e internacionais.
Uma dessas ações institucionais é a participação na Semana Internacional da Madeira, de 10 a 13 de setembro, durante a qual a Abimci estará com estande na Feira Lignum Latin America para receber as empresas associadas e divulgar as ações que tem realizado; e promoverá a terceira edição do WoodTrade Brazil, em parceria com a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e a Malinovski. O objetivo é provocar o debate e avaliar o mercado, as expectativas e os principais desafios para o desenvolvimento do setor.
Na avaliação do presidente da Abimci, José Carlos Januário, diante de uma conjuntura complexa nos mercados doméstico e internacional, a força e a importância do associativismo ganharam ainda mais importância. “Com uma visão ampla da realidade brasileira e dos principais mercados para os produtos de madeira do Brasil, a Associação redobrou os esforços permanentes nas mais diversas esferas para construção de um ambiente de negócio mais favorável para as empresas associadas. As ações passam pelas tentativas de reverter entraves logísticos, o combate às taxações indevidas, a defesa jurídica em ações contra as paralisações de organismos governamentais e o monitoramento das votações das pautas de interesse da indústria na Câmara e no Congresso Federal. Foram muitos os avanços nessas quase cinco décadas de trabalho. Ainda temos um longo caminho a percorrer, mas a voz da indústria da madeira tem sido ouvida e respeitada”, completa o presidente.

Fonte: Interact Comunicação e Assessoria de Imprensa