Publicações

Brasil consolida papel de destaque no cenário internacional

05/05/2021

Fevereiro/2021

A imprevisibilidade de 2020 causada pela pandemia deixou todos os segmentos produtivos em alerta. A indústria de produtos de madeira do Brasil, que tem no mercado internacional um dos principais destinos, acompanhou de forma atenta as decisões internacionais quanto à paralisação das atividades e as tendências de consumo principalmente na Europa e nos Estados Unidos. 

Mesmo diante de um cenário de adversidades, as empresas brasileiras de madeira fecharam o ano de 2020 com bons resultados nos volumes embarcados. Os Estados Unidos, por exemplo, continuou sendo o principal destino de produtos como compensado de pinus, molduras e madeira serrada de pinus. Este último atingiu pela primeira vez a marca histórica de 3 milhões de m³ exportados pelo Brasil para os principais mercados compradores. 

Esse bom resultado na madeira serrada associado ao aumento de 20% das exportações de compensado pinus indicam o movimento dos últimos anos de crescimento da participação do Brasil no mercado internacional, posicionando novamente o país entre os principais players mundiais.

As exportações de pisos e portas maciças também registraram altas no ano passado. Destaque ainda para as vendas de pellets de pinus para a Europa, em especial o mercado italiano. Com foco no mercado asiático, produtos como as lâminas de pinus e lâminas de espécies tropicais aumentaram os volumes comercializados. 

Entre as retrações nas vendas apareceram os pisos engenheirados, com uma redução de 29% em relação ao volume embarcado em 2019, assim como diminuição do volume final embarcado em 2020 de madeiras serrada e perfilada e espécies tropicais.

Os resultados alcançados no ano passado confirmam a consolidação da presença do Brasil no mercado internacional de produtos de madeira. Um mercado para o qual é preciso estar preparado comercialmente e tecnicamente. A Abimci tem exercido um papel institucional fundamental junto às suas empresas associadas, subsidiando-as com informações e monitoramento comercial dos produtos e segmentos que representa, assim como abordando e atualizando decisões políticas e econômicas e de mercado que afetam diretamente os negócios com o Brasil. 

Assim, diante de incertezas internas e externas ainda em virtude da pandemia, mudanças políticas, a dinâmica dos acordos comerciais em andamento, o monitoramento permanente de informações e o olhar apurado para os encaminhamentos em 2021 continuarão a ser fundamentais para a tomada de decisões e definições nos negócios. 

Devemos permanecer vigilantes em relação a pautas que devem ganhar força este ano como meio ambiente e suprimento florestal, avanços e investimentos necessários no modal logístico e barreiras comerciais internacionais, bem como o andamento das reformas, em especial a tributária.

Vitória internacional 

Uma recente vitória envolvendo produtos brasileiros no mercado internacional foi anunciada em janeiro pelo Departamento de Comércio dos Estados Unidos e US International Trade Comission referente aos processos de investigação de antidumping e de Dano contra a moldura brasileira, respectivamente. As decisões favoráveis às empresas brasileiras e ao produto brasileiro retiram o Brasil do processo investigativo de dano e confirmam que o país não pratica dumping

Paulo Pupo, superintendente da Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci)
www.abimci.com.br