Notícias

Abimci participa de campanha pela facilitação de comércio com Estados Unidos

Notícias

29/04/2020

Iniciativa da Coalizão Empresarial para Facilitação de Comércio e Barreiras

O setor industrial madeireiro, representado pela Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci), assinou esta semana documento enviado aos governos do Brasil e do Estados Unidos solicitando o estabelecimento de compromissos para a facilitação de comércio e boas práticas regulatórias entre os dois países. A campanha é uma iniciativa da Coalizão Empresarial para Facilitação de Comércio e Barreiras (CFB), liderada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a USChamber, a Amcham e outras 28 entidades, incluindo a Abimci.

A campanha solicita no documento que “os governos do Brasil e dos Estados Unidos aproveitem o momento único da relação bilateral construída sob a liderança dos presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump para concluir, ainda neste ano, um pacote bilateral de comércio que permita aprofundar a parceria econômica entre os dois países, em linha com o comunicado conjunto assinado em março último, em Mar-a-Lago”.

As solicitações incluem compromissos vinculantes em áreas prioritárias como modernização aduaneira e facilitação de comércio, boas práticas regulatórias, comércio eletrônico e combate à corrupção. As entidades acreditam que uma proposta de acordo de modernização comercial poderia ser alcançada no curto prazo, sem a necessidade de envolvimento do Mercosul ou de legislação nos Estados Unidos. o documento afirma também que a proposta “reduziria custos, aumentaria o comercio e o investimento bilateral e representaria, ainda, um primeiro passo em direção a um acordo futuro mais abrangente”.

Na avaliação da Abimci, o momento é oportuno para uma aproximação ainda maior entre as duas Nações. “A atual crise provocada pela pandemia da coronavírus está afetando de forma muito significativa as duas maiores economias das Américas. Daí, a necessidade de uma atuação conjunta em áreas que podem viabilizar uma melhor sinergia para os negócios entre os dois países”, afirma o superintendente da Abimci, Paulo Pupo.

O mercado norte-americano é um dos principais destinos de produtos de madeira brasileiros como painéis de compensado, madeira serrada e molduras.

Fonte: Assessoria de Imprensa Abimci – Interact Comunicação