Notícias

ABNT publica parte da norma de portas de madeira que trata dos requisitos adicionais

Notícias

14/05/2021

Estão contemplados no texto porta como isolamento acústico, resistência ao fogo, isolamento às radiações, acessibilidade, saída de emergência e durabilidade da madeira

Já está em vigor a parte 3 da norma técnica ABNT NBR 15930 – Portas de madeira para edificações que trata dos requisitos de desempenho adicionais. Com isso, agora  a norma prevê os requisitos adicionais de desempenho da porta com isolamento sonoro, resistência ao fogo, isolamento às radiações, acessibilidade, saída de emergência e resistentência a xilófagos. Também estão contemplados os critérios para avaliação de requisitos complementares como segurança, habitabilidade e sustentabilidade da porta de madeira, conforme o estabelecido na ABNT NBR 15575, além da vida útil de projeto (VUP) do produto.

O trabalho, que teve a coordenação da Comissão de Estudos liderada por representantes da Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci), foi possível graças ao alinhamento entre as partes envolvidas interessadas – fabricantes, fornecedores, mercado, consumidor, academia e poder público.

Na avaliação da Abimci, responsável pela coordenação do Programa Setorial de Qualidade de Portas de Madeira para Edificações (PSQ-PME), este é mais um importante avanço para o segmento, que tem investido cada vez mais no desempenho técnico dos produtos para entregar ao mercado portas certificadas.

Para adquirir a parte 3 da norma de portas, acesse: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=467571

Parte 4

Vale lembrar que o trabalho da Comissão de Estudos continua. Desde fevereiro, o grupo discute a parte 4 da norma ABNT NBR 15930 – Portas de madeira para edificações que aborda a instalação e manutenção do produto. O objetivo do texto é estabelecer as condições mínimas adequadas de instalação e manutenção para atender o desempenho exigível de portas de madeira nas edificações, além de prever e definir as responsabilidades do fabricante, instalador, construtor, usuário e contratante da porta de madeira.

Fonte: Assessoria de Imprensa Abimci /PSQ-PME
Foto: Rohden | Divulgação